Image Map

quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Carnaval: cinco destinos para você aproveitar o feriado

Fonte:MdeMulher.
Quer se preparar para uma folia inesquecível? Levantamos cinco destinos no Brasil para você aproveitar a data, que vai rolar no dia 12 de fevereiro. Um deles vai combinar com você!

1. Tour romântico / Amor nas Serras Gaúchas

Você até gosta de Carnaval, mas neste ano quer ficar sozinha com o seu namorado novo? As Serras Gaúchas são encantadoras. A partir da capital do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, a rota mais bonita é pela BR-116. A vista é encantadora e no alto da serra você encontra Nova Petrópolis. Por causa da influência alemã, a cidade concentra as melhores casas de café colonial do país (a maioria funciona de quarta a domingo). Após devorar bolos, chás e outras gostosuras, nada como fazer a digestão brincando de achar a saída do Labirinto Verde, numa praça da cidade. Completam o passeio Bento Gonçalves, com suas lindas vinícolas, Garibaldi, para andar de maria-fumaça, Cambará do Sul, com belas montanhas, e as famosas cidades Canela e Gramado. Você pode ir de avião e alugar um carro ou fechar um pacote com agências que fazem diferentes circuitos, todos inspiradores!


2. Livre, leve e solta / Samba na Cidade Maravilhosa

O que não vai faltar é opção para quem quer curtir o Carnaval. Além de poder assistir ao melhor Carnaval do planeta no sambódromo, a folia nas ruas da cidade está a cada ano melhor. Segundo a Secretaria de Turismo do Rio de Janeiro, já são nada menos que 476 blocos que circulam por todos os bairros. Alguns bem antigos, como a Banda de Ipanema (fundada em 1964), que leva de crianças à pessoas da terceira idade. Já o charmoso bairro de Santa Teresa, conhecido por suas ladeiras, tem o bloco das Carmelitas, que teria sido fundado por uma freira fugida do convento (daí o nome). Outros têm nomes divertidíssimos, como Espera, Espera, Mas Não Sai que parte da Candelária, e o Jacaré É Bicho D’água, na Praça Noel Rosa ¿ esse último exclusivo das crianças. Mas os maiores mesmo são o Cordão da Bola Preta (na Avenida Rio Branco) e a Simpatia É Quase Amor, na Praça General Osório. Só os dois últimos, juntos, levam mais de 200 mil pessoas às ruas todos os anos. Vai dar pra se divertir muuuuito!


3. Para as urbanas / História e arquitetura em Brasília

Cidade totalmente planejada pelas mãos do urbanista Lúcio Costa e do arquiteto Oscar Niemayer, que morreu no final do ano passado com 104 anos, a capital do país respira o moderno. Entre os vários destaques da obra do arquiteto está a Catedral Metropolitana, que além do formato único tem uma bela iluminação noturna. Não deixe de visitar também o Congresso Nacional e o Palácio do Planalto, onde trabalha a presidente, e tirar uma fotinho com pose de bacana na rampa por onde tanta gente importante do mundo todo já passou. Depois, a pedida é visitar a Torre de Televisão, um grande mirante. De lá, dá para ver toda a cidade, projetada em forma de avião, além do lago Paranoá, um oásis da cidade, que é bem quente durante quase todo o ano. Tenha sempre água e chapéu à mão. Além disso, se puder, vale a pena alugar um carro em Brasília. As ruas e avenidas são bem largas (e com poucas esquinas), e andar é cansativo, embora seja bem fácil encontrar os lugares, porque a cidade é cheia de placas.


4. Vai dar praia / Agito e água mansa em Natal

A bela capital do Rio Grande do Norte é mundialmente conhecida pelas suas enormes dunas, sempre atravessada por ventos. Elas podem ser visitadas em passeios guiados, tanto a pé quanto pelos bugues, além do divertido "esquibunda", que pode terminar em lagoas, como a de Jacumã. A cidade também tem construções históricas, como o Forte dos Reis Magos ¿ em formato de estrela e construído em 1598, e a casa onde viveu o historiador Câmara Cascudo, que hoje abriga um museu que relembra não só sua obra, mas também os antigos indígenas. Visite também o maior cajueiro do mundo, na região de Pirangi do Norte. As cidades vizinhas também têm paisagens lindas, como a pequena e paradisíaca Nísia Floresta, a 40 km de Natal. Nísia tem um delicioso clima de vila de pescadores, com direito a frutos do mar fresquinhos servidos nos diversos restaurantes, uma deliciosa especialidade da cidade.especialidade da cidade.


5. Perto da natureza / Água cristalina e trilhas em Bonito

No coração do Pantanal do Mato Grosso do Sul, a cidade de Bonito honra o nome que tem. E é o destino perfeito para quem curte lugares mais isolados e perfeitos para caminhadas. Em plena serra da Bodoquena, sobram cavernas e grutas que escondem rios de água cristalina, onde você pode mergulhar e ver os peixes e plantas nativas da região. Uma das cavernas, o Abismo Anhumas, é simplesmente a maior caverna submersa do mundo. Há ainda trilhas, que muitas vezes levam a cachoeiras, como a Boca da Onça. Alguns roteiros oferecem trajetos mais simples para quem não quer (ou não aguenta) andar muito. Apesar de a cidade receber mais de 200 mil visitantes por ano, tudo é muito controlado para que as paisagens naturais não sejam destruídas. Vários dos passeios têm limites de visitantes diários, mas isso já é negociado pelas agências.

2 Comments:

Minha Mania said...

Prefiro a opção 5!
Beijos,
http://minhamania12.blogspot.com.br/

Jacki Design said...

Que bom que gostou,
Obrigado!!!

Postar um comentário